Estilo old money: entenda melhor sobre essa tendência!

  | Leitura: 6 min
30 de novembro de 2021

Em filmes ou séries mais antigas, você provavelmente já viu um estilo old money. No começo do século XX, por volta das décadas de 1920 e 1930, as sociedades dos Estados Unidos e da Europa eram marcadas por grupos da alta elite. Geralmente de famílias nobres e aristocráticas, essas pessoas se caracterizavam por terem muito dinheiro, frequentarem clubes da sociedade e viverem de forma exclusiva, inclusive, com um estilo único de se vestirem, que ficou conhecido como old money.

Sinônimo de sofisticação e bom gosto, essa estética vintage tem ganhado o interesse de gerações mais novas que, agora, revivem o estilo aderindo a um visual mais sóbrio e atemporal.

Neste post, descubra o que caracteriza a estética old money e quais peças podem compor esse visual. Veja também quais cuidados tomar na hora de adotar esse estilo. Boa leitura!

Sofisticação e discrição em um só estilo

O que Al Capone, Leonardo DiCaprio e Carlton Banks, da série “Um maluco no pedaço”, têm em comum? Todos eles já se vestiram segundo a estética old money.

No primeiro caso, Capone era um mafioso extremamente rico, que se vestia ao estilo da classe alta da sua época, com ternos de luxo de alfaiataria. Já Leonardo DiCaprio usou figurinos típicos old money na sua representação de Jay Gatsby, no filme de 2013.

Por sua vez, o personagem Carlton Banks nada mais é do que o típico playboy que joga tênis e golfe, vive do dinheiro dos pais e aproveita a sua vida na elite, numa representação moderna dessa própria sociedade aristocrática.

Aliás, as elites mantiveram o estilo por vários anos, incluindo as décadas de 1950 e 1960, em que a qualidade das peças e a sofisticação eram bastante valorizadas em comparação com estilos mais “livres”, como o vestuário hippie do período.

Atualmente, a estética old money é revivida não só por quem pertence às altas esferas ou quer aparentar status, mas também por quem encontrou no visual uma forma de expressão elegante, discreta e atemporal, em que prevalece o bom gosto. Além disso, ela pode se adequar às diferentes ocasiões de hoje em dia: seja o trabalho em uma empresa ou um jantar com os amigos.

Look old money e as suas várias possibilidades

Prezando pela qualidade, utilidade e durabilidade das roupas, o old money valoriza a discrição, já que a combinação fala por si própria, sem a necessidade de elementos gritantes e cores chamativas. Assim, as peças que mais caracterizam essa estética são:

  • blazers e ternos — podem ser inspirados nos modelos das décadas de 1920, 1930 ou 1960 e usados tanto em ambientes formais como informais;
  • camisa social — item imprescindível que pode ser usado como um ponto de cor por quem procura fugir de um visual monocromático;
  • suéteres e blusas de lã — remetem ao estilo playboy esportivo ou a um visual intelectual discreto;
  • sapatos sociais — incluindo os modelos oxford.

Além disso, peças de alfaiataria têm tudo a ver com o estilo old money, já que garantem o caimento perfeito e transmitem a ideia de exclusividade. Em relação aos acessórios, eles podem ser vários, conforme a ocasião.

Por exemplo, se é inverno e há um compromisso formal, cachecóis e chapéus podem ser usados com ternos. No dia a dia, lenços, especialmente de tecidos finos, são muito apreciados. Já para um jogo de pôquer com os amigos, é possível apostar no bom e velho suéter, como nos tempos dos pais e avôs.

Joias, pulseiras folheadas, relógios — inclusive os de bolso — e broches podem ser combinados com as roupas, já que as cores do old money são sóbrias, como:

  • branco;
  • bege;
  • marrom;
  • azul-marinho;
  • creme;
  • preto;
  • cinza.

Cuidados na hora de usar o old money

Como você viu, o old money tem as suas origens nas elites, mas, hoje, é possível usá-lo independentemente da sua classe social. Contudo, apesar de ser adaptável às diferentes realidades, é importante seguir alguns cuidados para manter a essência da estética. Veja como a seguir!

Opte por roupas sob medida

Se a alfaiataria é uma das principais características do estilo, você sabe que ele inclui peças com ajuste perfeito ao corpo. Sendo assim, mesmo adquirindo as roupas em lojas, é interessante optar pelas marcas que compreendem o conceito e investem em modelagens adequadas, com caimento perfeito.

Vista-se conforme a ocasião

Ao fazer escolhas de roupas, você mostra muito quem é. Para pessoas mais discretas, o old money cai como uma luva por não exigir nenhum esforço na montagem do visual. Ainda assim, é importante ter o bom senso de vestir-se conforme a ocasião.

Se o objetivo é jogar bola com os amigos, por exemplo, optar por um conjunto de calça e camisa social não é conveniente para a atividade. Mas, se você for a um encontro em um bar, o blazer pode ser uma possibilidade de criar um visual mais casual, combinando-o com um sapato oxford.

Outro cuidado é com os acessórios. Diferentemente do estilo “ostentação”, que visa divulgar marcas e usá-las em tamanhos grandes, o old money é refinado e chama atenção pelo conjunto harmônico, não por peças exageradas e combinações extravagantes. Aliás, originalmente, sendo tão ricos, nenhum dos adeptos precisava provar o seu status por meio de marcas estilizadas, preferindo sempre a discrição.

Escolha cores de baixa saturação

O old money é tradicional, sofisticado e sóbrio, mas não significa sem graça. Isso quer dizer que, apesar de ser guiado por cores de baixa saturação, é possível explorar diferentes tonalidades para conferir ainda mais estilo. Por exemplo, você pode escolher diferentes tons de verde, como o verde-exército, que também é uma tendência.

O estilo old money é uma recuperação não só do modo de vestir, mas também de viver de famílias aristocráticas e nobres, que escolhiam elementos discretos e visuais sofisticados para indicar o seu status social.

Hoje, essa estética pode ser usada por qualquer pessoa que se identifique com as características de elegância, discrição e harmonia. Se você é uma delas, pode adotar as peças vintage desse estilo e criar combinações interessantes, deixando o visual não só bonito e chique, mas também adaptando-o à sua personalidade.

Gostou do post e quer saber como aplicar o old money e outros estilos no seu dia a dia? Siga a gente no Facebook, Instagram, YouTube, Twitter e LinkedIn!

COMPARTILHE O POST:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no pinterest

Inscreva-se na nossa newsletter

e fique por dentro de todas as novidades!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *