17 conselhos para ser um gestor melhor

Uma coleção de aprendizados feitos ao longo dos 13 anos da Reserva, por seu C.E.O. Rony Meisler
  | Leitura: 3 min
19 de fevereiro de 2020

Quando me tornei CEO da Reserva, o Jayme Nigri, meu sócio, disse algo que me marcou: que eu seria um melhor gestor na proporção de que ele, Nandao e Zé (outros dois sócios e na época únicos diretores) fossem melhores diretores.

Aqui vão alguns conhecimentos que vim colecionando ao longo da história da Reserva e que hoje passo em forma de 17 conselhos:

Quando me tornei CEO da Reserva, o Jayme Nigri, meu sócio, disse algo que me marcou: que eu seria um melhor gestor na proporção de que ele, Nandao e Zé (outros dois sócios e na época únicos diretores) fossem melhores diretores.

Aqui vão alguns conhecimentos que vim colecionando ao longo da história da Reserva e que hoje passo em forma de 17 conselhos:

1- Se jogue de alma sem nunca perder a capacidade analítica. Cerque-se de gente que te complete.

2- Complete e lidere seu time pelo exemplo daquilo que prega.

3- Teste e erre pequeno pra acertar grande.

4- O óbvio precisa ser desenhado, além de dito.

5- Negócio que não se destaca desaparece.

6- Prego/negócio que se destaca toma martelada. E sobrevive, believe me.

7- Se o time errar a culpa é sua. Se o time acertar a culpa é dele.

8- Cuidado para que gostos pessoais (seus e do time) jamais sejam mais importantes do que aquilo que o cliente gosta. É o cliente quem manda.

9- Quando a burocracia te atrapalhar, é seu papel resolver, nem que seja com as próprias mãos. Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades.

10- Quando não souber, busque o conhecimento.

11 – Ame a loja. Viva na loja. Arrume a loja. Venda na loja. Quando nos perdemos das lojas nos perdemos de nós mesmos.

12- Uma marca é a sua capacidade de comunicação para dentro e para fora.

13- Mande embora aqueles que porventura faltarem com respeito ao próximo ou à empresa, por melhores técnicos(as) que sejam.

14- A boa comunicação informa E vende. Um não vive sem o outro.

15 – Para ser forte, o negócio tem que dar lucro financeiro e não-financeiro, os dois.

16 – Não jogue pra ganhar, jogue para se divertir.

17- Curiosidade para aprender/escutar/estudar e coragem para decidir, o processo de decisão de um(a) líder é sempre solitário. Quando acertar entenderão genialidade, quando errar entenderão incompetência. A tese da competência se comprova no longo, e não no curto prazo. Não se deixe abater ou acorvadar pelos fracassos.

COMPARTILHE O POST:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no pinterest

Inscreva-se na nossa newsletter

e fique por dentro de todas as novidades!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *